Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura e política.

PUBLICIDADE

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Governo do Estado reúne prefeitos para discutir desenvolvimento da região metropolitana

Área metropolitana com três municípios ganhou força com a inauguração da Ponte da Integração
O governador Waldez Góes convidou os prefeitos e presidentes de Câmaras de Vereadores dos municípios de Macapá, Santana e Mazagão, para uma reunião que vai ocorrer nos próximos dias, no Palácio do Setentrião. O objetivo é dar continuidade às discussões sobre o Plano de Desenvolvimento Integrado e consolidação da Região Metropolitana, que se materializou com a inauguração da ponte da integração Washington Elias dos Santos.
Essa é uma pauta que já vem sendo consolidada pelo governador Waldez Góes desde o início do ano passado, com a aprovação pela Assembleia Legislativa de uma Lei Complementar Estadual alterando a legislação de 2003 que evidenciava apenas Macapá e Santana como parte da região metropolitana. A partir de então, a região metropolitana passou a contar também com o município de Mazagão.
A área metropolitana com três municípios não ganhou apenas força de lei. A inauguração da Ponte da Integração do Rio Matapi consolidou o projeto. No dia 6 de janeiro deste ano, o governador Waldez Góes, dando continuidade as tratativas de integração da área metropolitana, assinou o termo aditivo do convênio de limpeza urbana com o prefeito de Santana, Ofirney Sadala. Na ocasião, Waldez Góes reiterou a reunião com os prefeitos e presidentes de Câmaras. Também destacou o tema durante pronunciamento na Assembleia Legislativa, na abertura dos trabalhos legislativos deste ano.
“A ponte da integração beneficia diretamente os moradores de Macapá, Santana e Mazagão, gerando a possibilidade de criação de um segundo Distrito Industrial, à margem direita do Rio Matapi, e propiciando a implantação de uma região metropolitana formada pelos três municípios, assunto que estaremos debatendo com os prefeitos e com a população”, enfatizou o governador aos deputados.
De acordo com o governador, com mais de 600 mil pessoas, a região metropolitana precisa ter sustentação nos eixos de desenvolvimentos que precisam ser definidos a partir da reunião com os prefeitos. Em Mazagão, ainda no ano passado, falando sobre essa reunião, o governador deixou claro que pretende avançar juntamente com os gestores municipais nos projetos que visam melhorar a qualidade de vida das pessoas que moram nessa região do Estado.
Durante a reunião com os prefeitos e presidentes de Câmaras, o governador Waldez pretende iniciar o debate preliminar sobre a construção do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da nova área metropolitana. A construção do plano tem como base a lei federal 13.089, de 12 de janeiro de 2015, que trata do Estatuto da Metrópole.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!