Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura e política.

PUBLICIDADE

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Notas da coluna ARGUMENTOS, terça-feira, dia 09 de agosto de 2016.

Emoção

Você se emociona com facilidade? E nessas Olimpíadas, tem derramado alguma lágrima? Pois é, tem muita gente sucumbido às lágrimas nessa aventura brasileira de sediar os jogos. Felizmente a emoção é coisa boa e até os médicos dizem fazer bem.

Controle

A ressalva que os especialistas fazem é para os cardiopatas, ou seja, pessoas que tem alguma doença do coração. No mais, dar vazão ao choro é bom pois as pessoas que seguram emoções adoecem mais, sabia?

Conceitos

Nas Olimpíadas de 1984, foi quando vi pela primeira vez meu pai chorar. Logo ele, o cara mais durão que eu conhecia. Foi pelo brasileiro Joaquim Cruz, ouro nos 800 metros, e por Gabrielle Andersen, na maratona.

Empatia

O grande barato das olimpíadas é ver atletas que se entregam, se arrebentam pelo chamado espírito olímpico, coisa que os medalhões do futebol brasileiro parece não saber do que se trata. Reclamação tá geral.

Neymar

E o cordão dos descontentes foi puxado exatamente pelo narrador Galvão Bueno, tido e havido como um animador de transmissões. “Cadê o capitão dessa seleção?”, indagava ele no jogo contra o Irã.

Mercado

A turismóloga Lara Santos (foto) foi uma das especialistas ouvidas pela Revista Diário para explicar os efeitos da redução da malha aérea do Brasil em toda a chamada cadeia produtiva do turismo. A reportagem de duas páginas está na edição deste mês da revista. Compre a sua logo!

Estrada

O governo do estado formalizou ao DNIT proposta para a duplicação da rodovia Duca Serra. O argumento foi de que essa via dá acesso ao porto de Santana, portanto a estratégia é federalizar o ramal do Km 09 da BR 210 até Santana. Em contrapartida, o GEA se compromete com a duplicação urbana.

Brasília

O governador Waldez,  acompanhado do deputado federal Vinícius Gurgel, foi recebido pelo diretor-geral do DNIT, Valter Casimiro Silveira, que acenou positivamente para a proposta. Com isso, as obras de duplicação da BR-210, entre o Quilômetro 9 e o Porto de Santana, entram na pauta da autarquia.

Asfalto

Na reunião, também foram tratados outros dois temas importantes para o estado: a elaboração do processo de licitação de dois trechos da BR-156 Norte e a liberação de recursos para a manutenção de várias rodovias no estado, após a celebração de acordos com o DNIT.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!