Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura e política.

PUBLICIDADE

terça-feira, 14 de junho de 2016

Seguro pode ser solução para garantir uma viagem tranquila

Roberto Roman, da Travel Ace Foto: Divulgação 
Cartão de assistência para cinco dias no Exterior custa a partir de US$ 12
As férias de julho se aproximam e com elas as pessoas começam a preparar suas viagens. Cada item é importante e precisa ser planejado antecipadamente para tentar ao máximo evitar dores de cabeça para que os períodos de lazer ocorram sem transtornos. Mesmo cercado de todos os cuidados, imprevistos podem acontecer.
Em casos nos quais o viajante não disponha de um cartão de assistência integral, ele poderá desembolsar verdadeiras fortunas com auxílio médico no Exterior. Segundo dados de 2015, uma visita ao hospital tem em média o custo de US$ 3.941; uma lesão no pulso pode sair por US$ 12.620; uma perna fraturada US$ 82.000; e um nariz quebrado US$ 21.383. Caso o turista precise de internação, as despesas são igualmente elevadas: US$ 205.902, no caso de cirurgia do coração; US$ 23.755 gastroenterite e US$ 21.400 apendicite. Já, um cartão de assistência sai a partir de US$ 12 para o período de cinco dias.
A Travel Ace, líder em seguro viagem da América Latina, teve cerca de 502 mil vidas protegidas por meio de seus serviços ao redor do mundo no ano passado. Em três anos, a companhia totalizou aproximadamente 3 milhões de vidas protegidas no segmento dos cartões de seguro aos viajantes. “A Travel Ace apresenta eficiência em seus produtos e serviços para atender às necessidades específicas de cada cliente, além de auxiliar durante todo o percurso. O objetivo é que o indivíduo aproveite da melhor maneira sua viagem”, afirma Roberto Roman, da Travel Ace.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!