Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura e política.

PUBLICIDADE

domingo, 23 de abril de 2017

Feriados prolongados e saques do FGTS devem aquecer o mercado de turismo em 2017

Tudo indica que 2017 deve ser um ano diferente para o turismo. Afinal, a economia está se recuperando e o ano terá dez feriados prolongados. Para dar um quê de ciência a essa sensação de melhora, nossos analistas de dados fizeram uma pesquisa que combina entrevistas com usuários, usando a ferramenta Google Consumer Survey, e dados das nossas plataformas, como a Busca e o Waze, por exemplo.

Mais de 1000 pessoas, distribuídas, foram entrevistadas na Consumer Survey. Eis alguns dos achados da pesquisa on-line:

- Para 34,7% dos respondentes feriado é sinônimo de viagem;

- 48,4% dos internautas admite ter certeza ou estar considerando colocar o pé na estrada para aproveitar algum feriadão de 2017;

- As datas mais populares, ou seja, para as quais as pessoas disseram já ter planos, são férias de Julho, Ano Novo, Natal e Páscoa, nessa ordem;

- 53,9% dos brasileiros viajariam com mais frequência se tivessem mais dinheiro e 28,7% se tivessem mais tempo.

O que dizem as plataformas do Google:

- De acordo com dados do Waze, as pessoas rodam bem mais nos feriados prolongados. Em novembro de 2016, a média diária foi de 38,6 milhões de quilômetros rodados pelos usuários do aplicativo. Esse número saltou para 56,5 milhões de quilômetros no feriado da República.

- A diferença de quilômetros rodados também aumenta quando comparamos feriados prolongados e feriados no meio de semana. Em um feriado de quarta, a média de KM rodados se mantém estável ou tem um aumento em torno de 10%. Em feriados, prolongados, a média cresce entre 30 e 50%.

- Os dados do Google Hotels mostram que quanto mais longa a viagem, maior é o planejamento. As pessoas que buscam por hotéis com uma antecedência de 13 semanas costumam reservar uma média de 4,5 noites de estadia; quando as buscas acontecem duas semanas antes, a média cai pela metade, passando para 2,3 noites

- Vídeos de turismo tem cada vez mais relevância no YouTube. A audiência desses conteúdos cresceu 213% entre fevereiro de 2016 e fevereiro de 2017.

O impulso dos saques do FGTS
Outra pesquisa do Google mostrou que o setor de turismo deve se beneficiar da liberação do saldo das contas inativas do FGTS, uma vez que 9% das pessoas que terão acesso à renda extra pretende usar o dinheiro para viajar. Isso pode representar um universo de quase três milhões de clientes em potencial para a cadeia turística.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!