Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura e política.

PUBLICIDADE

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Notas da coluna ARGUMENTOS, domingo e segunda-feira, 24 e 25 de julho de 2016

Viu essa?

Sujeito levanta uma tese nas redes sociais de que a obrigatoriedade dos faróis ligados nas estradas é apenas para corrigir uma limitação dos radares, que funcionam melhor se os carros estiverem iluminados. O site “Boatos.org” lança post desqualificando essa teoria.

Cautela

Por aqui, no Amapá, a única manifestação sobre o tema foi do Setap, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros. O diretor de comunicação, Renivaldo Costa, disse ter achado descabida a teoria.

Visão

Ainda de acordo com o jornalista do Setap, o sindicato apoia a nova regulamentação dos faróis nas estradas, pois atende a conceitos da direção defensiva. “Dá mais visibilidade aos veículos”, diz o diretor.

Questão

Aliás, sobre direção defensiva, existe uma orientação para os acidentes. Depois que ocorrem, os curiosos se perguntam: “Quem foi o culpado?”. O certo seria indagar: “Quem poderia ter evitado o acidente?”.

Prevenir

Para deixar claro o que esses conceitos sustentam é que melhor do que acusar alguém só porque estava “errado” numa situação de acidente, seria agir para evitar a batida, atropelamento ou coisa do gênero.

Demais
Para fechar as reflexões sobre trânsito, como tem gente fazendo selfie das tragédias, reparou? Até no acidente com a passagem da tocha olímpica pelo interior de São Paulo, apesar de um policial ter ficado ferido após ser atropelado por uma moto, seu colega sacou o celular e tratou de registrar tudo.

Televisão

No meio televisivo é intensa a movimentação em torno da cobertura das Olimpíadas do Rio. A Globo se instala em pleno parque olímpico e o Sportv anuncia mais de vinte canais simultâneos para não deixar nenhuma competição de fora do alcance de suas câmeras. Antes, a Copa de 82 foi referência.

Documento

O  “Canal Brasil”, da tv a cabo, está exibindo a íntegra do documentário “Ayrton, Retratos e Memórias: Segredos do Paddock”. São depoimentos inéditos que a tv aberta não exibiu durante os eventos do aniversário da morte de um dos maiores ídolos do esporte nacional. Vale a pena conferir este registro histórico.

Senna

Nas muitas revelações que o filme traz, a desmistificação sobre Adriane Galisteu, que a família e boa parte da mídia julgava não ser a mulher ideal para o ídolo. Para mais íntimos, como o piloto de seu avião e a assessora de imprensa, a moça fez um bem danado a Senna.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!